quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Desenrolo - Teaser

A Complexidade da Política na Favela. Conversa com os presidentes Antônio Xaolin & Carlos Costa. Em breve.

3 comentários:

  1. Respeito muito os três companheiros, mas culpar a upp ou o traficante pela nossa tragédia humana que é a favela, é um erro, é como se perguntássemos ao morador se ele prefere o traficante ou a milícia...
    Na república não deve have desenrolo, mas deve haver direitos e deveres, o resto é espaço pra jogarmos conversa fora.
    abr grande

    ResponderExcluir
  2. Aos camaradas. Não se trata aqui de apontar responsabilidades.
    O documentário Desenrolo trata o assunto como inerente a sobrevivência humana
    seja na favela ou qualquer outro lugar, bem como em qualquer sistema de governo
    seja República, Monarquia ou Parlamentarismo. Sobreviver é desenrolo. Na favela
    esta prática se destaca em função das relações se darem no expontaneismo latente
    e fora das formalidades estatais. Exemplos típicos de desenrolo em qualquer lugar:
    Economia subterrânea: empresas econômicas, culturais etc. que não se formalizam em
    função dos altos custos econômicos, burocráticos e estatais. Outro exemplo é o diálogo
    do empregado que não quer perder o emprego e tem que desenrolar com o patrão. O
    desenrolo é informal e esta informalidade é mais visível na favela e na pobreza que em
    outros lugares ou seguimentos. O documentário mostra o lado da sobrevivência nas
    favelas do Rio de janeiro e provavelmente o desenrolo está em toda parte do planeta e
    em qualquer seguimento social ou forma de sistema econômico capitalista, socialista ou
    comunista. Leiam os livros citados e assistam o documentário. Bom debate!

    ResponderExcluir